28 de agosto de 2012

A tecnologia (quase) realizando sonhos #2

O sonho: o sucesso recente do fenômeno chamado “música” me leva a uma teoria que até mesmo o cinema mudo já sabia: a vida sem uma trilha sonora não tem tanta graça. A vida seria mágica como um videoclipe bacana se pudéssemos carregar a música conosco.

[symple_toggle title=”O que tínhamos antes”]

Caminhadas "Austianas"

Quase sinto pena pela Jane Austen quando leio em seus livros sobre longas caminhadas sem o auxílio ou consolo de músicas tutz tutz ou de Corinne Bailey Rae pedindo docemente no ouvido para que coloque um som, lhe diga minha canção favorita e solte meu cabelo ao vento.

Não que fosse totalmente impossível para pessoas daquela época ouvirem música enquanto caminhavam… era apenas, digamos, um tanto inconveniente e não muito prático. Imagina a cena. Uma orquestra em procissão, o grand piano (entre outros instrumentos não tão portáteis) carregado por dez a doze servos mais robustos, o pianista por uns três, um cantor sussurrando no ouvido do sujeito, violinistas dançando ao redor, o olhar curioso e chocado dos vizinhos. Não é exatamente o que eu chamaria de uma caminhada solitária e tranquila, por mais relaxante que fosse a melodia tocada.[/symple_toggle]

[symple_toggle title=”O que temos hoje?”]

Desde 1979, música portátil para a nossa alegria. :) Walkmans, Discmans, MP3-players, iPods, qualquer que seja o tamanho e o que quer que você os chame: é o impossível numa caixinha.

Sugestão da Rebeca e da Corinne Bailey Rae, durante uma caminhada hoje de manhã.[/symple_toggle]
[symple_divider style=”solid” margin_top=”20px” margin_bottom=”20px”]

[blue_box]

Sobre A tecnologia (quase) realizando sonhos
[symple_divider style=”solid” margin_top=”20px” margin_bottom=”20px”]
Há um milhão de motivos pelos quais eu adoraria viver na época da Jane Austen ou na era vitoriana. Mas, existem outros bilhões pelos quais não largaria nunca a época em que vivo hoje. A série “A tecnologia (quase) realizando sonhos” tenta exaltar as maravilhas que a modernidade nos trouxe ao alcance.
[/blue_box]

[lightgrey_box]
Você tem sugestões de coisas legais exclusivas a nossa época? Escreva nos comentários.[/lightgrey_box]

[white_box]
Visite também:
A tecnologia (quase) realizando sonhos #1[/white_box]