23 de novembro de 2014

Dia 10 #30diasdegratidão

Dia 10: porque nossa vocação é também nossa paixão.

Por aquelas épocas em que eu ainda não sabia o que queria fazer quando crescesse, eu só sabia que dinheiro não era o mais importante. Dinheiro era um mal necessário, algo que precisaria para sobreviver. Mas, queria mesmo fazer algo útil, relevante, apaixonante, diversificado, desafiador e jamais entediante.

No jornalismo, eu era boa no que fazia e isso me deixava até que relativamente satisfeita. Mas não era o bastante.

Para dedicar tanto tempo da vida a algo, queria que fizesse diferença, queria ajudar, queria que fizesse sentido. (Comentário: é possível fazer isso dentro do jornalismo, mas não era para mim)

Meu pai considerava a profissão dele um mero ganha pão. Dinheiro não importava tanto pra ele e tenho certeza de que se não tivesse esposa ou filhos, teria largado tudo para ser um missionário em alguma terra remota e selvagem. Ele era meio hippie desse jeito, risos. Sacrificou-se toda a vida por nós por um lado, mas por outro sempre tomou decisões profissionais baseadas nos seus ideais e no que sentia que era a vontade de Deus e não no sucesso profissional. Fez a loucura de mudar para a Alemanha recebendo substancialmente menos do que receberia no Brasil, porque lhe incomodou ver igrejas fechadas e falidas. Porque em seu tempo de vida, o que ele mais queria era que as pessoas acreditassem em Deus e se deixassem transformar por Ele. E ele viveu isso apaixonadamente, com toda a alma e todas as forças até o fim.

Hoje eu e meu marido temos a oportunidade de viver aquilo que era o grande sonho do meu pai: a oportunidade de unir paixão à profissão à vocação ao chamado.

Trabalhamos em tempo integral na igreja, tentando ajudar pessoas a se encontrarem em Deus e serem transformadas por Ele, tentando espalhar ao máximo a mensagem de esperança do amor de Deus e da salvação através de Jesus.

É um trabalho que é tudo aquilo que descrevi ali em cima e mais um pouco.

Exige tudo de nós, todas as nossas forças e nos desafia até limites que nem sabíamos que tinhamos.

And we’re loving it. #ilovechurch #thankgoditssunday