15 de janeiro de 2010

Poesia for dummies parte III – Emily Dickinson

Fiquei feliz que várias pessoas se prontificaram a espalhar o vírus pela blogosfera! ^^ Está declarada iniciada a Epidemia poética. Você que ainda não teve a oportunidade, tem muito tempo para participar! A semana poética dura pelo menos 7 dias (ironicamente, igualzinho à semana nao-poética).

Só para relembrar, aqui está o desafio proposto alguns posts atrás:

[yellow_box]Desafio ao leitor: Achar um poema no universo que você não ache tão bobo ou agonizante quanto os da aula de literatura e postar em algum lugar da blogosfera (aqui, em seu próprio blog ou no blog de algum chato). Se quiser, pode até fazer uma introdução dizendo por quê escolheu aquele poema e que significado ele tem para você. Vamos espalhar o vírus! ^^[/yellow_box]

O vídeo abaixo foi feito enquanto eu estava me maquiando e pensando sobre a nossa amiguinha Emily Dickinson. Emily quem? Veja o vídeo… e se tudo o mais falhar, consulte a Wikipedia x)

Sim, recitei a versão Sandy & Juniorzada do poema porque, trust me, ninguém quer ouvir meu sotaque uondêr-fúúúl no inglês.

[white_box]Leia também: Poesia for dummies parte IV – Cecília Meireles. Compre livros da Emily Dickinson, clicando aqui.[/white_box]